• Isabelle Lima

A mágica em visitar a África do Sul e Suazilândia

Estou vindo novamente lotar essas linhas sobre um país diferente, quem sabe inusitado, pouco conhecido ou até exótico alguns diriam, não é só pelo fato de eu amar, mas você vai gostar de conhecê-la ou ao menos vai querer saber mais sobre a África do Sul.

Nem só de Safari vive esse destino, eu acho que o melhor lugar para começar sua jornada pela África do Sul é Joanesburgo, um dos motivos está relacionado ao Apartheid, que gerou grande revolução nesse país, anteriormente regido pelo racismo, a minoria branca e rica humilhava a população negra com suas leis de segregação e esse movimento foi contra essa realidade, para que os direitos de todos fossem garantidos de forma justa e, depois de muitas lutas, mortes e prisões, obtiveram êxito. Você com certeza já ouviu falar sobre Nelson Mandela, o grande líder deste movimento, que mais tarde se tornou presidente do país. Em Joanesburgo você pode visitar a casa em que este grande homem viveu e com certeza você vai sentir em seu coração o peso dessa história e, se você o admira da mesma forma que eu, irá sentir isso de forma mais intensa, não só sobre Nelson Mandela, mas por todas as pessoas que lutaram por seus direitos básicos.



Indo nessa onda de cidades grandes, temos a Cidade do Cabo, por lá você pode andar de asa delta ou ir para um bar, ou seja, um destino para muitos gostos, é uma cidade esplêndida. Quando as pessoas vão para a Cidade do Cabo uma parada obrigatória é o Cabo da Boa Esperança, mas sabe o que me chama muito a atenção? O caminho até lá, pois fica há mais ou menos 20km do centro da cidade, mas as estradas são beirando o mar com rochas e a vegetação que moldam a paisagem de uma forma que você se sente em um filme, de tão lindas e, normalmente, os motoristas passam devagar por essas estradas porque é muito comum que tenham ciclistas fazendo esse percurso e isso traz mais segurança a eles. Chegando ao famoso Cabo da Boa Esperança você pode subir pelos degraus construídos nas rochas e se aventurar ao ir mais ao alto e ver o mar, ou tirar fotos com a placa que mostra que lá é o ponto mais ao sudoeste da África.


E se você tiver um dia sem passeios marcados nessa cidade visite o Victoria & Alfred waterfront que, além de uma marina, é um local com lojas, restaurantes, hotéis e pode te render um bom dia de passeio, pois é considerado um complexo de entretenimento, onde você pode subir na roda gigante ou fazer compras, por exemplo e ao final do dia beber alguns drinks no Gin Bar que fica “escondido” atrás de uma loja de chocolates e tem uma carta enorme de drinks com gin sul-africano.


Mas se você é fã de safari, ou ama assistir Animal Planet, com certeza você vai amar conhecer Mpumalanga, pois lá fica o Parque Kruger, mas como ele é a coisa mais linda eu vou deixar um suspense. Quero começar essa parte do meu texto por Blyde River Canyon, um lugar com muitas cachoeiras e rios, em alguns você pode entrar ou pode simplesmente aproveitar um café olhando as pessoas no grande balanço, é como se fosse o que conhecemos por bungee jump, sob os rios e a vegetação, mas, se você tiver o coração mais corajoso que o meu, pode ir você mesmo.


Prometi e vou cumprir, quero falar sobre o fascínio do Parque Kruger, é um parque nacional enorme e você pode cruzar na estrada com um elefante atravessando, não vou prometer que você vai conseguir tirar fotos dos rostos dos animais como um fotógrafo selvagem, porque este lugar não é um zoológico, os animais vivem livres. Por lá você pode fazer um passeio a pé com guia e descobrir alguns segredos da vida selvagem ou dar a sorte de presenciar uma caçada. É emocionante ver guepardos andando por aí e, o grupo que estiver no safari com você, sempre vai ficar animado com cada animal que encontrarem, eu tenho certeza.

Continuando quero falar de um país que fica entre a África do Sul e Moçambique, é um destino pouquíssimo conhecido entre nós brasileiros, mas muitos aproveitam a viagem para a África do Sul para esticar até o Reino de Suazilândia que vai te proporcionar uma experiência de conhecer a cultura tradicional africana, suas danças típicas, cerimônias tradicionais e vai conhecer a riqueza de tantas tradições que sobreviveram a centenas de anos, e são muito respeitadas pelo povo local e admiradas por quem as conhece, além da exuberante paisagem natural que é cenário do país.

Enfim, em sua totalidade é uma viagem de emoções fascinantes, se você nunca foi, com certeza vai descobrir coisas maravilhosas, ouvir histórias das pessoas que são muito amigáveis, vai experimentar sensações que vão te marcar, e se você decidir fazer essa viagem me conta sua experiência depois, ou já fez fala aqui nos comentários qual foi sua visão sobre esse país encantador.




Quer receber mais conteúdos? Assine!

arrow&v