• Maris Machado

BOGOTÁ



Conhecida por sua diversidade e por ser o polo cultural, artístico, gastronômico e administrativo da Colômbia, Bogotá, que também é a capital do país, transborda história e identidade em cada canto da cidade.

O que conhecer?


Com atrações para todos os públicos é possível desfrutar de bons momentos que encantam seus visitantes com tamanha variedade oferecida. São cafés, restaurantes, museus, parques, entre outros e muita arte espalhada.

O Museo del Oro é uma das atrações mais recomendadas. Seu acervo contém cerca de 30 mil peças em ouro, algumas datadas desde o período pré-colombiano até os dias de hoje.

O Museo Botero é outro ponto que vale a pena visitar. Além de apresentar um acervo recheado do famoso pintor que leva o mesmo nome, expõe histórias riquíssimas onde é possível traçar um panorâmico histórico não somente do país como da América Latina como um todo.

Uma ótima pedida para ter uma noção geográfica melhor é o Cerro Monserrate. Localizado no topo da montanha, possui uma pequena vila e até mesmo uma igreja. Seu acesso pode ser feito de funicular ou de teleférico. Ambos possuem o mesmo preço, cerca de 17 mil pesos colombianos a ida e volta, convertendo para nossa moeda, são mais ou menos R$ 26 reais.


Onde ficar?


La Candelária é o centro histórico da região e fica na parte central da capital, conhecido por ser onde tudo começou em Bogotá. Por ali, na central turística, é possível retirar mapas para melhor localização e até mesmo agendar um walk tour para explorar mais a fundo suas memórias. É um pedaço marcado pela arquitetura e concentra, hoje em dia, bons restaurantes com o melhor da gastronomia local.

O hotel Museo San Moritz fica localizado na Calle 17, no centro histórico, bem próximo da maioria dos pontos turísticos aqui citados. Outra opção seria o Ghl Hotel Hamilton, um 4 estrelas, muito bem avaliado e localizado mais ao sul da capital. Para aqueles que preferem ficar mais afastados da agitação central.

O que comer?

Ajiaco, Bandeija Paiva, Arepas e os Tamales são alguns dos pratos típicos da cidade e podem ser encontrados na plaza de mercados – La perseverança. Um centro de gastronomia onde está concentrado o melhor da cozinha colombiana.

Como chegar


Existem várias formas de chegar até Bogotá saindo do Brasil. Por voo é possível chegar pelo Aeropuerto Internacional El Dorado com as cias aéreas Latam e Avianca, cerca de 6 horas em média e com a Copa Arlines, fazendo conexão no Panamá, por 7 horas e 30 min, aproximadamente.


Quando ir/ Clima?


Está é uma das informações mais valiosas ao planejar uma visita para Bogotá. Por ser uma cidade que se encontra cerca de 2.600m acima do nível do mar, a temperatura média não passa de 20ºC com mínima de até 0ºC. Neste caso, o ideal é ir em época de seca e evitar períodos de chuva. Os melhores meses são: janeiro, agosto, setembro e dezembro.

Caso não seja possível aproveitar durante esses meses, não deixe de ir mesmo assim pois Bogotá oferece um gama de atividades que podem ser desfrutadas independentemente de como estará o tempo por lá. Basta ter disposição, roupas apropriadas e a mente aberta. Desta forma, tenho certeza de que a sua viagem vai ser perfeita! Aproveite, boa viagem!

Quer receber mais conteúdos? Assine!

arrow&v