• Deborah Albuquerque

CHAPADA DOS VEADEIROS | O que você precisa saber


Este é o destino certo para os amantes da natureza. Se você está procurando se conectar (ou reconectar) com a natureza, a Chapada dos Veadeiros, localizada em Goiás, no centro do nosso país é a opção mais magica e surpreendente. A concentração de atrativos naturais e beleza da Chapada é um convite a diversos visitantes ao longo do ano. Se prepare para trilhas e muita aventura, mas a região também oferece um clima místico, artesanato local, restaurantes de gastronomia Goiana (tem que provar!) e bares bastante animados para relaxar após um dia de trilhas e muita animação. A população é simpática e adora receber visitantes que respeitem a natureza.


O QUE CONHECER Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros É o parque estrela, o mais importante da região e com certeza um belo motivo para a escolha do destino. O parque foi criado na década de 1960, e em 2001 foi considerado Patrimônio Mundial (UNESCO). O parque é uma verdadeira joia de mais de 260 mil hectares, com grande diversidade de formações vegetais e espécies de animais (alguns destes considerados em extinção), nascentes e cursos d´água, rochas milenares e belíssimas cachoeiras. Além do visual espetacular, você ainda pode aproveitar os banhos revigorantes nas cachoeiras do parque e caminhar por trilhas que guardam a história da época da exploração do garimpo na região. Hoje a preservação e a consciência ecológica são a prioridade. Algumas atrações do parque são: Canion do Rio Preto, Carioquinhas, Saltos entre outras. Vale da Lua

Poucos lugares têm este visual que nos transporta a outro mundo. O Vale da Lua recebe este nome pois suas formações rochosas remetem ao que seria o visual da lua e, além de caminhar pelas rochas, você pode aproveitar para tomar um banho de rio ou dar um mergulho em umas das piscinas nesta paisagem incrível. Catarata dos Couros

Esta belíssima catarata é um convite para a interação com a natureza. É uma das mais lindas e impressionantes da região. Ela fica um pouquinho mais afastada, mas é imperdível pois as quedas são maravilhosas. A preferência é fazer o passeio com o acompanhamento de um guia para não se perder nas estradas (e não precisar dirigir por ali) e aproveitar bastante o local na certeza que o guia vai te mostrar detalhes que talvez você não encontre se estiver sozinho. Cachoeira dos Cristais

Para se chegar na Cachoeira dos Cristais a trilha de acesso é bem mais tranquila que outras da região, e o Véu de Noiva ao final da trilha. Ainda outra atração é o maravilhoso pôr do Sol que pode ser visto na região. Imperdível. Cachoeira de Santa Bárbara

É um dos pontos mais procurados e visitados da região. O caminho é longo, mas nunca ouvi ninguém dizer que se arrependeu. O visual é incrível, as águas são cristalinas em tom verde esmeralda e o mergulho restaurador.


ONDE COMER Tenha em mente que aqui você vai passar o dia pelas trilhas e cachoeiras, dessa forma, a refeição principal costuma acontecer bem no final do dia. Por isso é importante sempre ter um lanche para as trilhas e deixar o almoço para depois. Algumas sugestões em São Jorge são o restaurante da Pousada Café Bambu Brasil com opções de massas, tortas, salgados. Uma boa opção também é o Rancho do Waldomiro, com comidinha caseira e pratos típicos goianos. Já para uma pizza, você pode ir ao Luar Com Pimenta, que dentre as várias opções da cidade essa é bem bacana. Já em Alto Paraíso, uma boa opção de cozinha regional com petiscos e uma ótima oportunidade para provar o pequi é o Vendinha 1961. Se você é de uma linha vegana, o restaurante Cravo & Canela tem boas opções de refeições, lanches e tapiocas entre outros. QUANDO IR A visita pode ser recomendada durante o ano todo e talvez você precise ir uma vez em cada estação para conhecer as duas faces da Chapada, mas, se quiser ver mais volume de água nas piscinas naturais e cachoeiras, é melhor viajar entre outubro e maio. Em contrapartida, se quiser encontrar águas mais cristalinas, vá de maio a setembro. Já na alta temporada (dezembro e janeiro) tende a ter um grande volume de turistas e os passeios ficam mais cheios. Considero abril um bom mês, pois pega o fim da temporada de chuvas e início da temporada de seca, o que deve te dar lindas paisagens e possibilidade de aproveitar muito o local. COMO CHEGAR A forma mais fácil de se chegar à região da Chapada, é com um voo até Brasília e de lá, seguir para Alto Paraíso de Goiás ou São Jorge, ambas dão fácil acesso às principais atrações da Chapada, parques e cachoeiras. Você pode alugar um carro para explorar a região, não se esquecendo que algumas trilhas mais difíceis exigem um guia, ou pode contratar um pacote completo já com o transporte de Brasília, acesso para as atrações e acompanhamento de guia. ONDE FICAR Os dois principais pontos de hospedagem são Alto Paraíso e São Jorge e é bem interessante dividir o período da viagem entre as duas cidades para ficar próximos das atrações que vai visitar. São Jorge Namastê Pousada e Terapias (2 estrelas) – se você quer uma imersão neste universo místico e exotérico que rodeia a chapada dos Veadeiros, esta pousada é a opção. Oferece spa e tratamentos alternativos para uma experiencia completa. Acolhedora e simpática, oferece wifi, café da manhã e staff atencioso. Pousada Cristal da Terra – Nesta pousada, você terá todo conforto com café da manhã colonial e uma piscina aquecida para relaxar depois de um dia intenso de passeios. Oferece Wi-fi, ar condicionado, tv e frigobar nos apartamentos. Alto do Paraíso Pousada dos Guias – localizada no centro é uma excelente opção de custo benefício com quartos equipados com figobar, ventilador de teto ou ar condicionado e TV, além de café da manhã. Casa da Lua Pousada (4 estrelas) – Alto nível de atendimento, decoração e conforto. Uma experiencia que oferece toda uma estrutura, restaurante, piscina, lareira, sauna, wifi entre outros. DICAS PRÁTICAS

  • Tenha na bagagem roupas leves e roupa de banho, além de um casaquinho para as noites que costumam ser um pouco mais frias.

  • Dois pares de tênis e meias de algodão

  • Leve uma mochila pequena para as caminhadas nas trilhas

  • Protetor solar e repelente

  • Chapéu ou boné

  • Dinheiro

  • A cidade conta apenas com uma agência bancária do Itaú.



Quer receber mais conteúdos? Assine!

arrow&v