• Maris Machado

FERNANDO DE NORONHA

O arquipélago mais famoso do Brasil é um dos destinos mais desejados e com as praias mais bonitas do mundo. O lugar é realmente paradisíaco e, apesar se não ser um destino barato, merece fazer parte dos planos de viagem de qualquer pessoa. A natureza é de fato preservada e protegida e te dá a oportunidade de ver lindas paisagens em qualquer direção que seus olhos te guiarem. Respirar o ar puro e interagir com uma diversidade de bichinhos livres em seu próprio habitat é realmente fantástico. Certeza que você vai encontrar em algum passeio uma linda tartaruga marinha ou alguns golfinhos passeando. Além disso, aqui você se conecta (ou reconecta) consigo mesmo e relembra o quão linda é a vida.


O QUE CONHECER

É interessante ficar por aqui pelo menos uns 5 a 6 dias, para conhecer a ilha e descansar a mente. Além disso, Noronha não é um destino muito econômico, então é legal programar uma viagem que você tenha tempo suficiente para aproveitar o lugar com calma. Tem bastante coisa pra fazer e dá pra mesclar passeios pela ilha com apenas relaxar na praia, depende do seu interesse e de quanto pretende investir em passeios. O fato é que você pode experimentar um pouco de tudo. A locomoção de ônibus pela ilha é bem tranquila, até é interessante porque você vive um pouco do que a população vive, mas, apesar de ser o meio mais econômico, muitas vezes você perde um certo tempo esperando no ponto de ônibus. A outra opção é andar de taxi, mas também vai depender da demanda e do sinal de internet para chamar pelo aplicativo. Por último, dá para alugar um buggy ou um 4x4 para fazer tudo no seu tempo, mas é a opção mais cara. De qualquer forma, antes de avaliar as opções, é importante saber que grande parte dos passeios contratados te buscam na pousada, verifique antes de tomar sua decisão. Fazer um passeio em uma canoa havaiana Esse passeio é incrível e vai te garantir momentos inesquecíveis. É para contemplar a natureza mesmo e ver paisagens incríveis, e quem sabe conhecer alguns golfinhos pelo caminho. É bem legal fazer o passeio ao nascer do Sol, é realmente emocionante. Fazer um passeio de barco Vale a pena investir em um passeio de barco que percorre o mar de dentro de ponta a ponta, com paradas para mergulho, inclusive na Baía do Sancho. Tem opções com almoço, sem almoço, em grupo ou em barco exclusivo. Algumas pousadas têm a possibilidade de contratação direto na recepção Fazer ao menos uma das trilhas da região Fernando de Noronha tem diversas opções de trilhas que te levam às praias, umas que exigem a contratação de um guia e outras que podem ser feitas por conta própria. Algumas delas precisam de pré reserva e só podem ser acessadas por quem tem o ingresso do Parque Nacional, além disso tem limite de visitantes por dia, por isso é bem importante agendar com antecedência (geralmente máximo de 6 dias de antecedência ao dia que você pretende fazer a trilha), pos isso, faça isso logo no primeiro dia que chegar em Noronha. Uma das mais famosas é a trilha do Atalaia, dividida entre a Longa (umas 4h de passeio) e a Curta (umas 2h), com piscinas naturais e muitas espécies marinhas para admirar com snorkel, além de mirantes com vistas de tirar o fôlego. Tem também a Trilha e Enseada dos Abreus, as piscinas são encantadoras, mas o acesso tem uma descida bem íngreme que requer um certo cuidado. Ambas precisam de agendamento prévio e seguir algumas regras como não usar protetor solar e repelente por exemplo. Fazer o passeio Ilha Tour Esse passeio te leva nas principais praias de Noronha e vale super a pena para ter uma ideia do que é Fernando de Noronha e assim escolher quais gostou mais para voltar depois e aproveitar com calma, por isso é bacana programar para o primeiro dia de viagem. Como passa por praias que fazem parte do Parque Nacional, é necessário ter comprado o ingresso e levar a carteirinha no dia do passeio. O passeio geralmente faz paradas no Projeto Tamar, Baía do Sancho, Praia do Porto, Capela São Pedro, Baía do Sueste, Praia da Cacimba do Padre e Baía dos Porcos, Mirante da Praia do Leão. Mergulho com cilindro Essa é uma experiência bem diferente também, porque você pode ir um pouco mais fundo do que nas piscinas naturais e ver ainda mais a beleza marinha. Mesmo que você nunca tenha feito nenhum tipo de mergulho, vale a pena experimentar e não precisa ter medo, porque é um passeio guiado.


ONDE FICAR Noronha é famosa por suas luxuosas pousadas, mas tem boas opões com custo benefício muito bons também. Uma boa opção é a Pousada EcoCharme Pedra do Mar, que fica na Vila dos remédios, simples e aconchegante com um ótimo café da manhã. Por ali também tem a graciosa Pousada Fortaleza, muito bem localizada e com atendimento muito cordial. Outra que gosto muito é a Pousada do Vale, o atendimento é excelente, o café da manhã e lanche da tarde com itens cultivados na própria horta deixam a refeição ainda mais gostosa. A localização é perfeita e você tem serviço de praia disponível, além de todo suporte para contratação de passeios na recepção.


O QUE COMER Levando em consideração que estamos falando de um arquipélago, as coisas por aqui são mais caras mesmo, mas é possível encontrar boas opções de restaurante. A gastronomia é rica em frutos do mar como camarão, lula e peixes em geral, além de muitos legumes e verduras que são cultivados por aqui mesmo. A Vila dos Remédios é o lugar com mais opções e variedades. Uma opção muito interessante é o Restaurante Mergulhão, que fica em um local privilegiado com um mirante e vista incrível. Com um cardápio variado certamente agrada a todos os gostos. Outra recomendação é o Cacimba Bistrô, muito procurado é bom reservar uma mesa para evitar filas, a comida é bem gostosa e mais voltada para frutos do mar. O restaurante da Pousada do Vale também vale super a pena, é tudo muito saboroso e o atendimento muito bom. Toda quinta feira servem a Peixada do Solon, bastante concorrida. COMO CHEGAR Fernando de Noronha tem seu próprio aeroporto e tem voos diretos desde Recife e Natal com GOL ou AZUL, daí é só combinar com o voo que parte da sua cidade e chegar nesse paraíso. Uma dica legal é escolher um assento do lado esquerdo do avião, no voo que te leva até Noronha, pois a vista do arquipélago é linda lá de cima. Para entrar em Noronha você vai precisar pagar a taxa de preservação ambiental (TPA) que é cobrada pela quantidade de dias que você vai ficar na ilha. A diária hoje está em torno de R$ 75,93 por pessoa e tem pequenos descontos a partir da 5º diária. Você pode pagar no aeroporto ou já deixar paga com antecedência no site oficial de lá. Outra despesa extra é o ingresso do Parque Nacional Marinho, é com ele que você ganha o direito a acessar as praias que estão dentro do limite do parque, como por exemplo a praia do Sancho, Sueste, Leão e etc. A compra do ingresso pode ser localmente ou no site do parque e custa algo em torno de R$ 110,00 por pessoa. Menores de 12 anos e maiores de 60 anos estão isentos de comprar o ingresso. Ao chegar em Noronha é legal ter um transfer para te levar até sua pousada ou pegar um taxi. QUANDO IR Fernando de Noronha tem belas paisagens sempre, mas se quiser evitar as chuvas, evite ir no período de chuvas que vai de março a julho. A época mais seca é de agosto a fevereiro, mas é bom levar em conta quando o mar fica mais mexido e com mais ondas, o chamado Swell, que geralmente acontece bastante entre dezembro e março.




Quer receber mais conteúdos? Assine!

arrow&v