• Isabelle Lima

Gracinhas da Itália

Logo você vai entender o que eu quis dizer com o título dessa postagem, à medida que for lendo, vai notar que falo de cidades, que na minha opinião, tem como adjetivo máximo o seu charme e a sua graça. É sério, já adiantando um pouco, são pequenas cidades que fazem parte da famosa Costa Amalfitana, na Itália, e eu vou te contar um pouco do que dá para fazer por lá.



Contudo, não quero fazer um post de Itália e deixar Roma de lado, então quero dar uma palinha dessa cidade incrível também. Um paraíso para quem ama arte, comida boa ou se interessa por arquitetura, além de abrigar o menor país do mundo: o Vaticano. Uma coisa muito legal é que dá para fazer um super tour pela cidade a pé, então, talvez seja uma possibilidade conhecer a capela sistina ou o coliseu em um dia livre por lá, pois há muita coisa para ser vista em Roma. Claro que em um dia você não vai descobrir tudo que Roma tem a oferecer, mas, se tiver pouco tempo por lá, planeje seu itinerário que dá para sair um uma boa noção e com gostinho de quero mais!


Viajando de carro pela “Estrada do Sol”, você chega até Nápoles, desfrutando de uma linda paisagem. Essa é a terceira maior cidade da Itália e é incrivelmente bonita, com uma costa que enche os olhos de alegria! Se você vai até Vomero, consegue ver uma bela vista do Golfo de Nápoles com Vesúvio ao fundo, imperdível! Alguns outros pontos interessantes para visitar por aqui são o Palácio Real, a Catedral de Nápoles, a Basílica de Santa Restituta e a fortaleza da casa de Anjou. Sem esquecer de comer a tradicional pizza napolitana!



A próxima parada é Pompéia, cidade que foi soterrada pela erupção do Vesúvio em 79 d.C. e ficou como se fosse congelada no tempo. Típica cidade romana que, de alguma forma, foi em parte conservada pelas cinzas do vulcão e só foi redescoberta muitos anos depois. Hoje é um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo e considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Passar por aqui é mergulhar na história e conhecer alguns detalhes do cotidiano passeando pelas antigas ruas da cidade, visitar o anfiteatro, o foro romano, ver os mosaicos e afrescos que testemunharam a riqueza e prosperidade da cidade. É triste pensar que, em um dia comum, grande parte da população foi morta por um vulcão que eles nem tinham conhecimento, mas é fascinante viver algo tão próximo da realidade de um momento histórico.



Indo para Capri, que faz muito jus ao adjetivo “gracinha”, fica dentro de uma ilha bem pequena que é composta por duas cidades: Capri e Anacapri. O centro da cidade é cheio de lojas de grife e todas como se fossem padronizadas, com uma faixada branquinha (vou deixar uma foto aqui embaixo), dá para passear a pé tranquilamente. Também é incrível ver Capri do mar, andar de barco e admirar a cidade desse ponto de vista, vale muito a pena. É uma cidade com um lindo cenário de natureza, altas árvores, rochas o mar azul, é um sonho mesmo!


Vou finalizar essa lista com a maravilhosa Positano, outra cidade que, assim como Capri, é cheia de ruazinhas estreitas e algumas onde apenas pedestres podem circular. Caminhar pelo calçadão, Via Pasitea, se chega ao coração do povoado com suas casas antigas, suas varandas e jardins, que dão um charme todo particular à cidade É lotada de restaurantes muito charmosos e com estrelas Michelin e, ainda sobre a culinária, você vai ver que o limão é algo bem caraterístico dessa cidade, então a maioria das receitas o incluem e ficam uma delícia. Imagina desfrutar de uma bela refeição com vista para o mar.


Você merece passar alguns dias na Costa Amalfitana e viver essa experiência incrível!



Quer receber mais conteúdos? Assine!

arrow&v